Confira mais uma matéria de Fabiano Silva, no Jornal da ABO-RJ ( página 12).

 

Empreendedorismo ou aventura?

Um dentista que monta um consultório ou clínica frequentemente é chamado de “empreendedor”, palavra francesa que significa “aquele que assume riscos e começa algo novo”. Porém, há uma diferença significativa entre ser um empreendedor, orientando ações de forma estratégica e planejada, e ser um “aventureiro”, que age sem essas orientações, quase jogando na sorte. Há um mito de que basta ter “vontade” ou “energia” para fazer um empreendimento prosperar, e muitos livros, na área de Saúde ou fora dela, focam exclusivamente nessa automotivação.

Nada mais longe da realidade. O empreendedor, antes de tudo, está capacitado para ler as informações econômicas e de mercado para orientar suas ações: O que está acontecendo na conjuntura econômica e como isso afeta a minha estratégia? Onde, quando e se devo investir? O Cirurgião-Dentista ainda aposta “quase que somente” no seu preparo técnico-científico e desconsidera a quebra de paradigma de mercado que já vem acontecendo há alguns anos.

Essa falta de percepção faz com que, na tentativa de aproveitar “oportunidades” ou “tendências”, criem-se empregos exclusivos onde o “empreendedor” fica encerrado nas questões operacionais. Cria-se dessa forma a estratégia de subsistência. O despreparo gerencial faz com que a crença na determinação, boa-vontade e fé sejam os principais recursos para o êxito do negócio. Tudo isso é importante, mas a Gestão Estratégica Integrada ajuda na fundamentação e timing das ações. Assim, o empreendedor não se torna a vítima das circunstâncias.

A busca de informação gerencial de forma desestruturada, incluindo adquirir produtos e serviços voltados à gestão, podem até resolver problemas pontuais de curto prazo. Mas o resultado é uma colcha de retalhos deixando muitos GAPs que impactam negativamente no desempenho do negócio a médio e longo prazos.

O preparo em gerencial adequado (Gestão Estratégica Integrada) permite desenvolver negócios bem estruturados e com potencial de crescimento consistente. Nesse caso, o ciclo virtuoso cria condições ótimas para a estratégia de crescimento.

Para capacitar um CD a se tornar um dentista-empreendedor, nós da BWint – Business with Intelligence desenvolvemos o Programa “BWhealth – Odontologia”, que reúne diversos produtos e serviços para os profissionais da área. No dia 17/11, lançaremos esse Programa na sede da ABO-RJ, às 16h, quando a equipe BWint fará uma palestra com o tema “Como identificar oportunidades na Odontologia em tempos de crise: melhores práticas de Gestão e Inteligência de Mercado”.

Mais informações: (21) 3443-6478 (Veja o anúncio nesta página)

* Implantodontista, sócio da consultoria BWint – Business with Intelligence