Linguagem não-verbal dos braços cruzados

Os braços cruzados são a posição que mais gera interpretações equivocadas na Linguagem não-verbal. Diversos autores e livros indicam que é uma postura fechada, de quem não quer se comunicar ou demonstra, conscientemente ou não, um distanciamento dos interlocutores. A posição pode indicar, por exemplo, que a pessoa está com frio, o que até certo ponto contribui para um distanciamento na Comunicação.
Também é bastante comum cruzar os braços justamente para se desligar de distrações externas e aumentar o foco no diálogo. É o caso de uma pessoa em uma festa, conversando em pé com outra, e que, com este gesto, está inconscientemente se separando de outras conversas e influências externas.
A correta análise da Linguagem não-verbal é mais complexa do que analisar, isoladamente, um gesto, postura ou atitude. O correto é contextualizar com o todo da linguagem corporal, procurando descobrir se fala e postura são coerentes ou não (o que podem indicar um comportamento dissimulado).